Download: Tibia Client 7.8

Baixe agora a versão 7.8 do tibia, e veja mais informações da época desta versão e as decisões da Cipsoft para o próximo update.

Leia também:


Sobre a versão 7.8 do Tibia:

Lançada no dia 1º de agosto de 2006, esta atualização trouxe ao jogo novas áreas, novas roupas e algumas inovações técnicas.

Foi lançado a oeste the Tiquanda o arquipélago de Shattered Isles (Ilhas Fragmentadas, ao pé da letra). Elas consistem de 12 ilhas, e são de acesso exclusivo aos jogadores com premium account. Inicialmente apenas duas delas se encontram abertas, porém esses jogadores podem destravar os acessos para as outras ilhas completando certas quests.

A maior delas se chama Vandura, e contém a nova cidade de Liberty Bay. Os habitantes dessa ilha são humanos pacatos, alguns dos quais podendo até oferecer missões aos jogadores. As mansões desse lugar são influenciadas pela arquitetura vitoriana e é possível alugar casas no local. As ilhas também incluíram várias novas áreas de caça e novos monstros.

Além dessas mudanças no ambiente do jogo, as mudanças técnicas apresentadas foram:

  • Apenas o personagem que infligiu o maior dano em um monstro poderá a partir de então coletar os itens que vieram no monstro, eles poderão fazer isso em no máximo dez segundos após a derrota da criatura (tempo no qual ninguém mais pode abrir o corpo do monstro ou movê-lo). Se este personagem pertencer a uma equipe de jogadores (o assim chamado party mode), os componentes da equipe também poderão abrir o corpo do monstro. A mudança se deve porque anteriormente vários jogadores reclamavam por causa de pessoas que pegam os itens de inimigos que outros derrotaram.
  • Foi adicionado um novo elemento na barra de habilidades do personagem: a stamina (que em português é algo como "resistência física"). A medida com que um personagem caça, sua stamina irá diminuindo; e depois que ela acabar, não ganharão mais pontos de experiência a medida que caçam, até que possuam novamente stamina o bastante. No total, a stamina completa dura 42 horas consecutivas; ela é regenerada quando o personagem está fora do jogo (recuperar-se-á 1 minuto dela para cada 2 minutos fora do jogo), e nas 14 horas finais dela o jogador receberá apenas metade dos pontos de experiência normais. Esta mudança se deu para dificultar o compartilhamento de contas; falta grave, de acordo com as regras do jogo, onde várias pessoas se revezam para deixar um personagem ativo por 24 horas por dia para que ele ganhe mais experiência.
  • Também passou a ser possível mirar em jogadores ataques mágicos de runas através da janela de batalha (que contém o nome de todos jogadores e monstros próximos). Antes isso não era possível, porém a mudança será feita para tornar obsoletos os programas (ilegais, de acordo com as regras de Tibia) que miravam automaticamente as runas.
  • Uma outra funcionalidade trouxe mais flexibilidade ao uso de itens. Passou a ser possível configurar teclas ou combinação de teclas para fazer que um determinado item seja usado, e também configurar qual será o alvo onde o item será usado.
  • Para acabar com o congestionamento de personagens querendo usar um barco, a partir de então tornou-se possível pedir para o capitão do mesmo transportar para um determinado local quando ele está falando com outra pessoa.
  • Foram adicionada uma função que permite o jogador controlar a luminosidade da tela de jogo, e uma outra função para escolher poder mostrar na janela de mensagens o nível do personagem que está falando.
  • Contudo, 2 dias após o lançamento dessa nova versão chegou ao conhecimento da CipSoft que havia um defeito no jogo que permitia aos jogadores "criarem" dinheiro do jogo. Para que o defeito pudesse ser fixado, todos os servidores foram desligados no decorrer do dia. Alguns jogadores abusaram do defeito e foram severamente punidos, devido ao sucesso das investigações não foi preciso reinicializar nenhum mundo e todo o dinheiro criado foi apagado.

Alguns outros defeitos vieram com a atualização, por exemplo: os dias restantes de Premium Account não eram exibidos na tela do cliente para alguns jogadores; era possível curar monstros usando runas em mundos do tipo non-PvP (normalmente, isso é apenas possível em mundos dos outros tipos); e havia um lugar em uma das novas ilhas, Goroma, que quando o jogador pisava nele ele era desconectado do jogo e, quando voltava, descobria que havia morrido e perdido todos os items consigo. Para corrigir a esses defeitos, em 29 de agosto foi lançada a atualização menor 7.81.

No mesmo dia, 140 contas do jogo foram deletadas por abusarem de uma fraqueza do jogo conhecida por "chargeback". Ele constitui no seguinte: quando um jogador compra uma Premium Account e não paga por ela ou cancela o pagamento depois da premium ter sido ativada, a sua conta é banida até que seja comprada uma premium grande o bastante para compensar os dias jogados sem pagar por ela; contudo, no instante que ela é ativada a conta se torna ativa novamente, e se o jogador cancelar novamente o pagamento ou não efetuá-lo a conta volta a ser suspensa. Os jogadores deletados usavam isso para jogarem em Premium Accounts sem nunca pagarem por ela.[99]

Em 28 de setembro, cerca de dez meses após o descontinuamento do desenvolvimento do cliente de Tibia para Linux, foi anunciado que uma nova versão dele estava disponível em uma versão beta. O teste público do cliente durou um pouco mais de duas semanas; até que, após a correção de algumas falhas, ele foi lançado oficialmente. Dessa forma, os usuários de Linux não mais precisavam usar um emulador, como o Wine ou o Cedega, para rodar o jogo.

No dia 9 de novembro, foram apagadas cerca de 800 contas que eram usadas para abusar de uma fraqueza do jogo conhecida por magebomb. Ela constituía em desconectar do jogo diversos magos (druidas e sorcerers) em uma certa área; e, quando um jogador forte passava por esse local, os magos eram reconectados ao jogo (em Tibia, um personagem retorna ao jogo no exato local onde saiu) e lançavam nesse jogador um ataque mágico e imediatamente após eram desconectados (era usado um programa automático para realizar tais ações), deixando assim o personagem atacado sem chances de defesa ou de agir. Normalmente um personagem que está atacando ou sendo atacado não pode se desconectar do jogo, até que se passe um tempo após a luta; porém o ataque do magebomb era feito tão rapidamente, que isso acabava burlando tal recurso do jogo. Para resolver esse problema, foi realizada nos servidores uma atualização que eliminou tal vulnerabilidade (os jogadores passaram a poder atacar outros apenas 10 segundos após os entrarem no jogo, a não ser que sejam atacados primeiros).

  • Ficha Técnica
  • Tamanho: 9,7Mb
  • Licença: Grátis
  • Idioma: Inglês
  • Plataformas: Windows
  • Desenvolvedor: CipSoft GmbH
  • Adicionado em: 1/08/2006
  • Categoria: Clientes de Tibia

Nenhum comentário:

Postar um comentário